BEM-VINDO VIAJANTE! O QUE BUSCA NO MULTIVERSO?

Divulgação | #Tormenta20 chegou da gráfica!

Pode glorificar de pé e agradecer à divindade de sua devoção! Depois de uma longa espera e especulações, o livro básico do #Tormenta20 já chegou ao estoque dos parceiros da Jambo Editora, e em breve começam os envios.
Mas calma! Aposto que quer um pouco mais de respostas sobre esse envio, não é verdade?
Pois nós temos algumas e também imagens de como ficou essa belíssima edição! Confiram!

Quando começam os envios? 
• Os envios começam logo após a emissão das notas fiscais. No momento, estãos gerando as notas para quem apoiou na campanha original. Você receberá a sua por e-mail. Em caso de qualquer discrepância, avise com urgência por contato@jamboeditora.com.br.

Sobre as Notas Fiscais de #Tormenta20: 
• Nem todo mundo recebeu ainda, isso é normal. Estamos no meio do processo. As notas fiscais precisam ser digitadas e conferidas uma por uma, então ainda vai levar alguns dias para mandar tudo.

Para quem vai receber dois livros: 
• A nota fiscal recebida constará apenas 1. Está certo, foi de propósito. Isso porque ainda está em definição como será em relação aos autógrafos. Logo que tivermos uma definição, haverá um aviso pelo Catarse e uma segunda nota fiscal.

Como será feito o envio? 
• Começaremos os envios para os apoiadores da campanha original, depois os da pré-venda e enfim para o pessoal que comprou no site da Jambô. Todas as recompensas serão enviadas em um único pacote, saindo da sede em Porto Alegre.

Código de rastreio dos Correios 
• A nota fiscal inclui um código de rastreio dos Correios. Por ora, o status da encomenda é “Aguardando postagem pelo remetente”. O status será atualizado à medida que a equipe for embalando os livros e despachando cada um deles.

Como recebo as recompensas digitais
• Tivemos que alterar os cupons das recompensas digitais. Os novos códigos estão na página Tormenta20 – Recompensas Digitais, junto com um passo a passo de como usá-los. Use o cupom referente ao seu apoio original, sem considerar upgrades.

Por que meu nome não está na lista de apoiadores? 
• Apenas os apoiadores da campanha original aparecem na lista, desde que não tenham marcado o apoio como “anônimo”, ou caso tenham nos avisado da desistência do anonimato.

Além do livro, o que mais está pronto? 
• Em breve mostraremos o pacote luxo para vocês, incluindo a caixa, o livro, os marca-páginas, o escudo do mestre, o bloco de fichas, o conjunto de dados e o Dado do Panteão.

Ainda posso comprar o livro?
• Poder você pode, inclusive tá aqui o link: https://bit.ly/T20Venda
Contudo você receberá o seu livro físico após os envios pendentes do financiamento coletivo e da pré-venda. A versão digital você recebe na hora, e comprando a versão física ou luxo, ela vem como brinde.

Outras dúvidas? 
• Você sempre pode entrar em contato com a equipe de atendimento, em contato@jamboeditora.com.br (sério, pergunta lá).

Posso ver algumas fotos do livro impresso?
• Claro, toma aqui. 

Divulgação | Old Dragon Day 2020

Já inscreveu sua mesa no Old Dragon Day 20? A gente, já! 🎲
Nos dias 21 e 22 de novembro o #ODDay20 irá comemorar os 10 anos do Old Dragon, o RPG prata da casa da Buró Editora.
Old Dragon, um dos mais bem sucedidos jogos de RPG nacionais dos últimos anos, com mais de 12 mil exemplares vendidos. Seu estilo Old School se propõe a manter as raízes na simplicidade e maior liberdade na resolução de problemas, focando-se menos em regras ou rolamentos de dados, em prol da construção de uma história mais emocionantes e ativa para os participantes. Isso faz de Old Dragon um sistema perfeito para antigos jogadores de RPG saudosos com os tempos áureos do D&D, mas também um sistema perfeito para ser apresentado para aqueles que nunca tiveram contato com RPG, ou que por ventura se afastaram após uma primeira experiência travada por tecnicidades desnecessárias.
Uma coisa excelente é que você pode garantir gratuitamente, e de maneira legal, a sua cópia da edição digital para conhecer o jogo. Por fim, mas não menos importante, Old Dragon possui uma grande comunidade ativa onde você pode sanar suas dúvidas, compartilhar suas histórias, colaborar com materiais para uso em aventuras com outros jogadores e com os próprios criadores e colaboradores do jogo.
Todo ano, em algum momento do mês de novembro ou dezembro, milhares de aventureiros se reúnem pelo Brasil em encontros privados ou públicos, preparam seus dados, armas e feitiços e celebrar mais um aniversário do Old Dragon.
A aventura oficial e comemorativa deste ano se chama Os Tomos da Areia dos Tempos, escrita por Rafael Beltrame, e será uma aventura de exploração que marcará os 10 anos do sistema. Além disso ela será facilmente aproveitável para encaixar em qualquer cenário e em qualquer mesa.
Esse ano os personagens irão homenagem resgatando os personagens prontos do primeiro ODday que foram publicados pela última vez há 8 anos (Sim! Este ano vamos de Evendur e companhia!). As fichas remasterizadas e rediagramadas estão previstas para a publicação no dia 10 de novembro.
As inscrições já estão abertas e você pode acessar o formulário, e/ou conferir as mesas já inscritas, clicando aqui. Lembrando que os inscritos recebem uma aventura especial e material - em formato digital - para evento (que é liberada posteriormente para o público).

SE LIGA NO CRONOGRAMA:

16/10 – divulgação do #ODday20 – INSCRIÇÕES ABERTAS!!!
10/11 – Personagens Prontos para o #ODday20
17/11 – Liberação da Aventura para o #ODday20
21/11 – primeiro dia de #ODday20
22/11 – segundo dia de #ODday20
10/12 – fim do prazo para o concurso #ODday20




Interlúdio.:04 | Enola Holmes

Reproduzir Em Uma Nova Aba - Faça o Download - Arquivo Zip
 
A bordo da Interlúdio, o Capitão Ace Barros e sua Imediata, Hall-e, recebem ajuda de AirechuCamila Loricchio e Simone Souza para explorar a Inglaterra Vitoriana e conhecer um pouco mais sobre a mais jovem dos Holmes na nova produção da Netflix.
Embarque conosco nesse bate-papo descompromissado sobre a loucura de Sherlock Holmes ser ou não real; saiba um pouco mais sobre a série de livros que deu origem a personagem e o processo do Espólio de Sir Arthur Conan Doyle; confira nossa opinião sobre o longa, seus pontos fortes e fracos.
Acompanhe-nos, estimados exploradores de universos!

DURAÇÃO: 1 Hora 05 Minutos 17 Segundos

COMENTADOS NO PODCAST:
A TRIPULAÇÃO NAS REDES:
Twitter: @MultiversoX - @CapAceBarros - @_Airechu - @JulioBarcellos - @sih_souz - @camiaetria - @samuelmuca_
Instagram: @multiversox - @_airechu @juliobarcellos - @castelodecartas -  @samuelmuca_dd
Facebook: Multiverso X
Skoob: 
CapAceBarros - Airechu - JulioBarcellos - Sih - Camila Loricchio - Diogo - Samuel Muca

QUER O FEED PARA ADICIONAR NO SEU AGREGADOR FAVORITO?

Assine o nosso feed: feeds.feedburner.com/multiversox/podcast

SUGESTÕES, CRÍTICAS E DÚVIDAS:

Envie e-mails para: contato@multiversox.com.br

TRILHAS:
Take a Chance by Kevin MacLeod
Fanfare for Space by Kevin MacLeod


Interlúdio.:03 | De Holy Avenger à Azeitonas


Reproduzir Em Uma Nova Aba - Faça o Download - Arquivo Zip
 
Neste episódio o Capitão Ace Barros e sua Imediata, Hall-e, recebem um contato de Camila Loricchio e Airechu para falar sobre alguns universos que andaram explorando recentemente e trazer indicações de leituras.
Embarque conosco nessa transmissão com paradas nostálgicas no maior sucesso da publicação em estilo mangá do país; ouça as histórias contadas por um defunto e sua dedicatória aos vermes; revisite o país das maravilhas e encarne o papel de Alice; e encontra amor em meio a pandemia com os contos diversos de Maria Freitas.
Acompanhe-nos, estimado explorador de universos!

DURAÇÃO: 48 Minutos 12 Segundos

COMENTADOS NO PODCAST:

Quadrinho | Holy Avenger Edição Definitiva Vol.1, de Marcelo Cassaro e Erica Awano
 - Compre na Jambô - Amazon - Skoob
Resenha | Coleção Holy Avenger Edição Definitiva
Livro | Memórias Póstumas de Bras Cubas, de Machado de Assis - Amazon - Skoob
Livro-Jogo | Alice no País dos Pesadelos, de Jonathan Green - Compre na Jambô - Amazon - Skoob
Resenha | 
Alice no País dos Pesadelos, o Livro-Jogo de Jonathan Green
Conto | Azeitonas, de Maria Freitas - Amazon - Skoob
Conto | Amor de Janela, de Maria Freitas - Amazon - Skoob
Dica | Perfil no Twitter Cadê LGBT 

ENCONTRE O X DO MULTIVERSO:
Faça parte do nosso grupo do Discord


A TRIPULAÇÃO NAS REDES:
Twitter: @MultiversoX - @CapAceBarros - @_Airechu - @JulioBarcellos - @sih_souz - @camiaetria - @samuelmuca_
Instagram: @multiversox - @_airechu @juliobarcellos - @castelodecartas -  @samuelmuca_dd
Facebook: Multiverso X
Skoob: 
CapAceBarros - Airechu - JulioBarcellos - Sih - Camila Loricchio - Diogo - Samuel Muca

QUER O FEED PARA ADICIONAR NO SEU AGREGADOR FAVORITO?

Assine o nosso feed: feeds.feedburner.com/multiversox/podcast

SUGESTÕES, CRÍTICAS E DÚVIDAS:

Envie e-mails para: contato@multiversox.com.br

TRILHAS:
Take a Chance by Kevin MacLeod
Fanfare for Space by Kevin MacLeod


#ClubedoMultiverso.:08 | Especial Autores Negros


Reproduzir Em Uma Nova Aba - Faça o Download - Arquivo Zip
 
Está no ar mais um #ClubedoMultiverso. Aqui, junto com nossos leitores e ouvintes, entregamos o resultado dos debates sobre a leitura conjunta de uma determinada obra, realizada em nossa comunidade no Discord no mês anterior.
Em nossa nona leitura coletiva, diferente do nosso habitual, fizemos a leitura de quatro contos e um cordel, todos produzidos por autores negros. Sons da Fala, de Octavia ButlerSe Tudo Der Errado Amanhã, de Johnatan Marques. Quando o Sol Voltar, de Olívia Pilar. Corpo Escuro, de Jarid Arraes e A Empresária que Vendia Sonhos, de Fábio Kabral. Nesse episódio, junto do Capitão Ace Barros, estão AirechuCamila Loricchio.
Ouça e descubra o que achamos dessas leituras; quais pontos mais nos agradaram e mais desagradaram; entenda a importância por trás de cada um desses debates; e viaje conosco através de histórias repletas de diversidade.
Acompanhe-nos, estimado explorador de universos!

DURAÇÃO: 57 Minutos 36 Segundos

COMENTADOS NO PODCAST:

Texto | Representação é diferente de Representatividade
Conto | 
Sons da Fala, de Octavia Butler - Gratuito no Projeto Capsula
Conto | Se Tudo Der Errado Amanhã, de Johnatan Marques - Compre
Conto | 
Quando o Sol Voltar, de Olívia Pilar - Compre
Cordel |  Corpo Escuro, de Jarid Arraes - Gratuito na coletânea Universo Desconstruído #02
Conto | A Empresária que Vendia Sonhos, de Fábio Kabral Gratuito na coletânea Universo Desconstruído #02

ENCONTRE O X DO MULTIVERSO:
Faça parte do nosso grupo do Discord e particupe do #ClubedoMultiverso


A TRIPULAÇÃO NAS REDES:
Twitter: @MultiversoX - @CapAceBarros - @_Airechu - @JulioBarcellos - @sih_souz - @camiaetria - @samuelmuca_
Instagram: @multiversox - @_airechu @juliobarcellos - @castelodecartas -  @samuelmuca_dd
Facebook: Multiverso X
Skoob: 
CapAceBarros - Airechu - JulioBarcellos - Sih - Camila Loricchio - Samuel Muca

QUER O FEED PARA ADICIONAR NO SEU AGREGADOR FAVORITO?

Assine o nosso feed: feeds.feedburner.com/multiversox/podcast

SUGESTÕES, CRÍTICAS E DÚVIDAS:

Envie e-mails para: contato@multiversox.com.br


Review | Alice no País dos Pesadelos

Se a obra original de Lewis Carroll é um clássico psicodélico e nonsense, o livro-jogo Alice no País dos Pesadelos, de Jonathan Green e Jambo Editora, abraça a loucura e as sombras dos pesadelos para ampliar o que há de mais bizarro no País das Maravilha em uma aventura repleta de perigos para a saúde e a sanidade de nossa protagonista.
Anos após sua última aventura no País das Maravilhas, Alice é mais uma vez chamada ao mundo mágico de animais falantes e cartas de baralho vivas, mas algo está... diferente. Mais estranho e soturno. Enfrentando seres grotescos e obstáculos incompreensíveis, Alice terá que dar um fim na Rainha de Copas para acabar com sua tirania. Mas neste mundo de sonhos nem tudo é o que parece e logo Alice terá de lutar para salvar a si mesma do pesadelo.
Ambientado no mundo clássico de Lewis Carrol, Alice no País dos Pesadelos é um livro diferente: aqui, VOCÊ é a protagonista. Veja bem, por se tratar de um livro-jogo como os clássicos da série Aventuras Fantásticas, esse não é um livro comum em que você lê do início ao fim. Como um livro interativo, são as suas escolhas - através dadas durante a narrativa - que ajudarão Alice a ser bem-sucedida em sua aventura. 
Mas não há garantias de vitória! Afinal, ainda há a parte jogo nessa história.
O livro oferece três formas de jogar: utilizando dois dados de seis lados OU um baralho de 52 cartas - para os combates e demais usos do fator sorte - OU simplesmente ignorando as regras, presumindo sempre passar em todos os testes e vencer cada luta. Mas note que mesmo jogando desta forma você ainda poderá falhar! Há desafios de lógica e opções que te encaminham para um fim súbito. Cada anotação é fundamental para trilhar o melhor caminho. A curiosidade pode ser a sua salvação ou o seu fim. Tudo isso faz desta uma obra mais interativa e imersiva, e com um simples vacilo um LABIRINTO DESGRAÇADO(!!!) pode te fazer sentir um pouco da loucura que a trama busca te entregar a cada página (eita, ódio). 
Aqueles que conhecem a fundo a obra original, notarão que Green entrega uma série de referências e citações que demonstram bastante amor pela criação de Carrol por trás de cada distorção, piração e aflição. Contudo, aqueles que nada conhecem, ainda encontrarão uma narrativa completa e independente guiando a trama da aventura, entregando tudo que o jogador precisa saber.
Não se deixe enganar pelo traço fofo da capa ilustrada por Eudetenis! Por sua temática e algumas descrições de cena, Alice no País dos Pesadelos não é um livro-jogo para ser aproveitado pelos leitores mais jovens. Porém pode ser bem absorvidos por leitores a partir dos 11-12 anos em busca de aventuras.
E por falar sobre arte, o livro possui diversas ilustrações internas em diferentes estilos - uma mais bacana que a outra - que ajudam, para o bem e para mal, o leitor na visualização e imersão nos horrores e na psicodelia da obra.
Para quem estava procurando uma aventura diferente para incluir em suas leituras, chegou a hora de tomar o controle da narrativa e se desafiar em meio a pesadelos e insanidades. Alice no País dos Pesadelos é uma excelente pedida, em especial agora com aproximação do Halloween. 
Título: Alice no País dos Pesadelos
Autor: Jonathan Green | Tradutor: Vinícius Mendes
Editora: Jambô Editora | Páginas: 288
Ano: 2020 | Gênero: Livro-Jogo

Interlúdio.:02 | Enraizados


Reproduzir Em Uma Nova Aba - Faça o Download - Arquivo Zip
 
Neste episódio o Capitão Ace Barros e sua Imediata, Hall-e, tiram uma folga em meio a uma floresta encantada e deixam que a Camila Loricchio e o Samuel Muca comandem a Interlúdio em uma viagem pelas páginas de Enraizados, obra de Naomi Novik, na companhia de Lígia Colares, Fernanda Castro, Patrícia Souza e Thiago Ambrósio Lage.
Embarque conosco nessa transmissão com bastante spoilers abordando mais detalhes dessa fascinante leitura, suas relações com contos de fadas e o folclore eslavo, tome cuidado com o Dragão e com a floresta, e entenda quão importante pode ser a presença ou a ausência de raízes em nossas vidas.
Acompanhe-nos, estimado explorador de universos!

DURAÇÃO: 1 hora 14 Minutos 02 Segundos

COMENTADOS NO PODCAST:
A TRIPULAÇÃO NAS REDES:
Twitter: @MultiversoX - @CapAceBarros - @_Airechu - @JulioBarcellos - @sih_souz - @camiaetria - @samuelmuca_
Instagram: @multiversox - @_airechu @juliobarcellos - @castelodecartas -  @samuelmuca_dd
Facebook: Multiverso X
Skoob: 
CapAceBarros - Airechu - JulioBarcellos - Sih - Camila Loricchio - Diogo - Samuel Muca

QUER O FEED PARA ADICIONAR NO SEU AGREGADOR FAVORITO?

Assine o nosso feed: feeds.feedburner.com/multiversox/podcast

SUGESTÕES, CRÍTICAS E DÚVIDAS:

Envie e-mails para: contato@multiversox.com.br

TRILHAS:
Take a Chance by Kevin MacLeod
Fanfare for Space by Kevin MacLeod


#ClubedoMultiverso.:07 | Araruama - O Livro das Raízes


Reproduzir Em Uma Nova Aba - Faça o Download - Arquivo Zip
 
Está no ar mais um #ClubedoMultiverso. Aqui, junto com nossos leitores e ouvintes, entregamos o resultado dos debates sobre a leitura conjunta de uma determinada obra, realizada em nossa comunidade no Discord no mês anterior.
O livro tema da nossa leitura coletiva realizada em Agosto é a sequência de uma das melhores leituras que tivemos em nosso clubeAraruama - O Livro das Raízes, de Ian Fraser. Nesse episódio, junto do Capitão Ace Barros, estão AirechuCamila Loricchio e Samuel Muca..
Ouça e descubra o que achamos dessa leitura; quais pontos mais nos agradaram e mais desagradaram; entenda como nos conectamos com essa história; e viaje conosco nesse novo passo da jornada dos jovens que mudarão o mundo e darão origem a Araruama.
Acompanhe-nos, estimado explorador de universos!

DURAÇÃO: 1 hora 34 Segundos

COMENTADOS NO PODCAST:
A TRIPULAÇÃO NAS REDES:
Twitter: @MultiversoX - @CapAceBarros - @_Airechu - @JulioBarcellos - @sih_souz - @camiaetria - @samuelmuca_
Instagram: @multiversox - @_airechu @juliobarcellos - @castelodecartas -  @samuelmuca_dd
Facebook: Multiverso X
Skoob: 
CapAceBarros - Airechu - JulioBarcellos - Sih - Camila Loricchio - Diogo - Samuel Muca

QUER O FEED PARA ADICIONAR NO SEU AGREGADOR FAVORITO?

Assine o nosso feed: feeds.feedburner.com/multiversox/podcast

SUGESTÕES, CRÍTICAS E DÚVIDAS:

Envie e-mails para: contato@multiversox.com.br


Interlúdio.:01 | Pátria (Trilogia do Elfo Negro Vol.1)


Reproduzir Em Uma Nova Aba - Faça o Download - Arquivo Zip
 
A bordo da Interlúdio, o Capitão Ace Barros e sua Imediata, Hall-e, pedem ajuda a Diogo Fernandes, Camila Loricchio para explorar as páginas de Pátria - primeiro volume da Trilogia do Elfo Negro e início da serie A Lenda de Drizzt - e entender as origens do Drow mais famoso do RPG e da literatura.
Embarque conosco em dois blocos - um SEM e outro COM spoilers - abordando mais detalhes dessa fascinante leitura, suas relações do Dungeons & Dragons e o cenário de Forgotten Reamls, e dando motivos para vocês ler essa obra de fantasia repleta de intrigas, um elfo negro de bom coração e a Guenhwyvar.
Acompanhe-nos, estimado explorador de universos!

DURAÇÃO: 1 hora 04 Minutos 11 Segundos

COMENTADOS NO PODCAST:

Livro | 
Pátria (Trilogia do Elfo Negro Vol.1) - Compre na Amazon - Compre na Jambô EditoraSkoob

ENCONTRE O X DO MULTIVERSO:
Faça parte do nosso grupo do Discord


A TRIPULAÇÃO NAS REDES:
Twitter: @MultiversoX - @CapAceBarros - @_Airechu - @JulioBarcellos - @sih_souz - @camiaetria - @samuelmuca_
Instagram: @multiversox - @_airechu @juliobarcellos - @castelodecartas -  @samuelmuca_dd
Facebook: Multiverso X
Skoob: 
CapAceBarros - Airechu - JulioBarcellos - Sih - Camila Loricchio - Diogo - Samuel Muca

QUER O FEED PARA ADICIONAR NO SEU AGREGADOR FAVORITO?

Assine o nosso feed: feeds.feedburner.com/multiversox/podcast

SUGESTÕES, CRÍTICAS E DÚVIDAS:

Envie e-mails para: contato@multiversox.com.br

TRILHAS:
Take a Chance by Kevin MacLeod
Fanfare for Space by Kevin MacLeod


Catarse | Reden - App de livros-jogos

Nessa semana o estúdio Flyve anunciou o lançamento do financiamento coletivo do aplicativo Reden, que promete uma nova forma de ler histórias. O aplicativo com previsão de lançamento em novembro desse ano será gratuito, disponível para Android e IOS, contando com apoio de um edital local. “O usuário enquanto lê uma história vai tomar decisões da continuação das cenas, com trilha sonora, efeitos visuais e artes de personagens e cenários para proporcionar uma maior imersão”, conta Lucas de Lucca, um dos criadores.
Segundo os criadores, o aplicativo recebeu o incentivo do Fundo Municipal de Cultura de Bento Gonçalves, que financiou a publicação do livro-jogo digital “O Valor da Força”, no entanto a equipe decidiu ir além do proposto no edital. “Percebemos que injetando nossas reservas conseguiríamos criar um aplicativo que abrigasse centenas de histórias e não só uma e foi assim que o Reden nasceu. O problema é que inserir novas histórias custa muito caro e esse dinheiro nós não temos”, conta de Lucca. 
“Estamos em busca de financiar quantas histórias conseguirmos. O projeto no Catarse permite que escritores comprem o poder de participar do Reden com um conto e até um romance, então sabemos que a plataforma pode crescer rápido, mas precisa manter a qualidade”, conta Victor Ochoa, direto de desenvolvimento do aplicativo. 
O prêmio do edital deu dinheiro o suficiente para fazer "O Valor da Força" e desenvolver a tecnologia do app. A dupla decidiu aproveitar a chance e investir udo próprio do nosso bolso para fazer não só uma história, mas um app onde poderiam publicar quantas histórias quisessem e a partir disso começaram a receber textos e artes de todo o Brasil para compor o primeiro lançamento, previsto para Novembro. Agora, com o Catarse, o projeto promete ser maior!
Para quem não conhece, o funcionamento de um financiamento coletivo é simples: os objetivos são esclarecidos na página da campanha e as recompensas são apresentadas, o apoiador escolhe entre as possibilidades com quanto irá contribuir já sabendo qual será a sua recompensa. Quando a meta não é alcançada o dinheiro é devolvido, e em algumas campanhas quando o valor estipulado é ultrapassado metas extras bonificam aqueles que contribuíram (não necessariamente todos, isso varia de recompensa para recompensa e de campanha para campanha).
Para participar do financiamento de Reden, basta escolher o apoio que contemple aquilo que seja do seu interesse e caiba no seu bolso. A campanha ficará disponível por mais 48 dias no Catarse (a contar de 22/08) e tem entrega de recompensas prevista para Novembro de 2020. 
Agora que você já está por dentro de tudo confira a página do projeto no Catarse no abaixo e descubra mais informações: quais exatamente são as recompensas, detalhes sobre como seu dinheiro será investido, artes etc. A campanha segue aberta até o dia 09 de outubro e pode ser acessada pelo link catarse.me/reden.

Catarse | THE LEGACY OF MEPHIROT

Um card game sombrio chega ao Catarse em busca de sua atenção e apoio! The Legacy of Mephirot é um jogo físico de cartas colecionáveis em que você controla uma Warlady e lidera um exército mortal. O objetivo da campanha é buscar apoios para produzir dois decks (baralhos) da Coleção Reino Devastado: Ira Indomável e Amante da Discórdia, entre 10 de Agosto a 09 de Outubro.
The Legacy of Mephirot é o primeiro jogo da Mistik Dawn of Soul, desenvolvedora e editora independente de jogos dark-fantasy e terror, e precisa do apoio das pessoas que curtem bons jogos para começar a jornada nesse universo com pé direito. 
Este é apenas o início, segundo dupla brasileira Philip Feldrick e Pamella Avelar. “Iniciamos a jornada no universo de Mephirot. Além desse card game, outros projetos estão em desenvolvimento”, contou Feldrick. Ainda segundo os autores, Mephirot é uma saga dark-fantasy marcada por guerras, horror e personagens icônicos. Escolheram começar a apresentar essa história sombria através do card game e afirmam: “Podem aguardar por um jogo rico em história e em jogabilidade.”
A Coleção Reino Devastado se passa nas terras de Metalqueen, sociedade de guerreiras temidas em Mephirot. Esse império atraiu muitos inimigos ao longo de anos, levando-o à ruína.
No jogo, você pode utilizar uma das quatro antigas generais de Metalqueen, ou escolher a l íder de uma ordem diabólica. Conhecidas como Warladys, elas representam diferentes decks. Entretanto, para viabilizar o financiamento, a campanha será dividida em duas partes: a primeira com dois decks, financiamento iniciado em Agosto de 2020; e a segunda parte que apresentará outros três decks terá a data divulgada após bater a meta da primeira campanha.
O JOGO

The Legacy of Mephirot é um card game 100% nacional; TCG; fácil de aprender; estratégico e permite jogar com até 5 pessoas (decks individuais), em um dos 4 modos de jogo.
Cada deck possui 40 cartas, sendo 1 card especial de Warlady; 17 guerreiros; 11 fascínios e 11 equipamentos. Além disso, na caixa vem: 1 playmat + 2 marcadores + 1 manual.
As habilidades das Warladys e de seus guerreiros fazem com que a disputa fique ainda mais interessante. Com o uso do “Tempo de Reação”, tendo reserva de Mistik, os jogadores podem montar estratégias incríveis.
Faça parte desse legado! Apoie o projeto The Legacy of Mephirot: Reino Devastado, no Catarse.
Para quem não conhece, o funcionamento de um financiamento coletivo é simples: os objetivos são esclarecidos na página da campanha e as recompensas são apresentadas, o apoiador escolhe entre as possibilidades com quanto irá contribuir já sabendo qual será a sua recompensa. Quando a meta não é alcançada o dinheiro é devolvido, e em algumas campanhas quando o valor estipulado é ultrapassado metas extras bonificam aqueles que contribuíram (não necessariamente todos, isso varia de recompensa para recompensa e de campanha para campanha).
Para participar do financiamento de The Legacy of Mephirot, basta escolher o apoio que contemple aquilo que seja do seu interesse e caiba no seu bolso. A campanha ficará disponível por mais 52 dias no Catarse (a contar de 18/08) e tem entrega de recompensas prevista para Janeiro de 2021.
Agora que você já está por dentro de tudo confira a página do projeto no Catarse no abaixo e descubra mais informações: quais exatamente são as recompensas, detalhes sobre como seu dinheiro será investido, artes etc.

INFORMAÇÕES ADICIONAIS:

● Projeto no Catarse: https://www.catarse.me/mephirot
● Manual do jogo: https://bit.ly/manual-mephirot
● Tutoriais “Como Jogar Mephirot”: https://bit.ly/tutoriais-mephirot
● História de Metalqueen: https://bit.ly/historia-de-metalqueen
● Audioconto da origem de Metalqueen: https://bit.ly/metalqueen-audioconto

REDES SOCIAIS

#ClubedoMultiverso.:06 | Um Estudo em Charlotte



Reproduzir Em Uma Nova Aba - Faça o Download - Arquivo Zip
 
Está no ar mais um #ClubedoMultiverso. Aqui, junto com nossos leitores e ouvintes, entregamos o resultado dos debates sobre a leitura conjunta de uma determinada obra, realizada em nossa comunidade no Discord no mês anterior.
O livro tema da nossa leitura coletiva realizada em Julho é uma nova roupagem para o clássico detetive de Sir Arthur Conan Doyle: Um Estudo em Charlotte, de Brittany Cavallaro. Nesse episódio, junto do Capitão Ace Barros, estão AirechuCamila Loricchio e Simone Souza..
Ouça e descubra o que achamos dessa leitura; quais pontos mais nos agradaram e mais desagradaram; entenda porque essa obra nos incomodou tanto, quais problemas de estrutura, e porque não a recomendamos; e tome cuidado com as pistolagens ao decorrer do programa para não ser atingido por uma palavra perdida.
Acompanhe-nos, estimado explorador de universos!

DURAÇÃO: 1 hora 01 Minutos 41 Segundos

COMENTADOS NO PODCAST:

Livro | Um Estudo em Charlotte, 
de Brittany Cavallaro - Compre - Skoob
Catarse | Apoie Cummulus novo projeto de Camila Loricchio
A TRIPULAÇÃO NAS REDES:
Twitter: @MultiversoX - @CapAceBarros - @_Airechu - @JulioBarcellos - @sih_souz - @camiaetria - @samuelmuca_
Instagram: @multiversox - @_airechu @juliobarcellos - @castelodecartas -  @samuelmuca_dd
Facebook: Multiverso X
Skoob: 
CapAceBarros - Airechu - JulioBarcellos - Sih - Camila Loricchio - Diogo - Samuel Muca

QUER O FEED PARA ADICIONAR NO SEU AGREGADOR FAVORITO?

Assine o nosso feed: feeds.feedburner.com/multiversox/podcast

SUGESTÕES, CRÍTICAS E DÚVIDAS:

Envie e-mails para: contato@multiversox.com.br


Review | O Aprendiz de Assassino (A Saga do Assassino vol. 1)

Se tudo o que eu tivesse feito na vida fosse nascer e ser descoberto, ainda assim teria deixado uma marca em toda aquela terra, para todo o sempre. Cresci sem pai nem mãe, em uma corte onde todos me conheciam como um divisor de águas. E um divisor de águas me tornei.” - Fitz Chivalry Farseer 

A Suma nos trouxe uma nova edição desse que é o romance que abre a Saga do Assassino, uma trilogia que figura entre as minhas favoritas. Com tradução de Orlando Moreira, mesmo tradutor da versão da Leya, algumas diferenças são notáveis, e já adianto que me agradaram mais.
O Aprendiz de Assassino é um romance de fantasia medieval com uma peculiaridade que pode ser incrível para uns, e muito chata para outros. Nele acompanhamos o relato de Fitz Chivalry Farseer, um bastardo do príncipe herdeiro dos Seis Ducados, e através da sua própria história, ele nos conta com riqueza de detalhes todos os dramas da corte do Rei e os modos de viver da sociedade que é inserido.
Mas qual é a peculiaridade desse romance, afinal? Bem, como romance de fantasia medieval, ele não nos conta a história de um guerreiro com muita ação, batalhas épicas e coisas que já estamos saturados de ler no gênero, ou pelo menos eu estou. O enredo é sobre um ladino, mais precisamente sobre um garoto que virá a se tornar o assassino do rei.
E o que isso implica na narrativa? Implica que, ao invés de ação, temos drama e suspense como foco principais. Com o narrador em primeira pessoa, sempre contando suas experiências boas, ruins e controversas na corte do Rei Shrewd, seu avô.
E por quê isso pode ser chato para muitos? Porque pela pouca frequência de cenas de ação, alguns leitores podem considerar que nada acontece no livro. Acontece que, a autora aproveita seu espaço para criar e desenvolver personalidades ricas e complexas de seus personagens. Poucos livros que tive contato conseguiram mostrar uma excelência tão grande em apresentar personagens profundos e tridimensionais como a Robin Hobb faz. E, pela baixa frequência das cenas de ação, sempre que nos deparamos com uma, ela é simplesmente de tirar o fôlego.
Uma das coisas que mais me agradam nesse livro é o “sistema de magia”. Aqui, a magia existe mas é rara e muito poderosa. Somos apresentados a dois tipos, a Manha e o Talento, uma é extremamente malvista, a outra é sinônimo de grande respeito e honra.
A Manha é a habilidade de se comunicar telepaticamente com os animais, podendo criar vínculos fortes, sentir suas emoções, utilizar seus sentidos mesmo que a quilômetros de distância. Contudo, ela é extremamente malvista pela sociedade dos Seis Ducados, sendo, inclusive, razão de sentenças de morte, caso um usuário seja descoberto.
Já o Talento é a capacidade de se comunicar telepaticamente com outros seres humanos, bastante semelhante como a Manha, com a diferença que é um dom utilizado praticamente apenas entre a nobreza. Diz-se que apenas os que possuem sangue real em algum grau podem manifestá-lo, e esses servirão o Rei como seu círculo de magia, sendo um artifício muitíssimo poderoso.
Uma coisa que notei lendo as duas edições dos livros, é que a edição da Suma possui umas 40 páginas a menos, não sei se é só efeito de uma diagramação diferente, ou decorrente de uma revisão completa para aparar arestas. Sei que nessa releitura não encontrei as partes que foram arrastadas na primeira leitura. Eu realmente gostei bastante de relê-lo.
Inclusive, um temor que eu tinha era se a manutenção dos nomes dos personagens no idioma original poderia afetar de forma negativa a experiência da leitura. Muitos personagens nessa saga possuem adjetivos como nomes próprios, muitos deles da realeza como o próprio pai do Fitz, o príncipe Cavalaria, seu tio Veracidade, seu avô Sagaz, e é uma experiência interessante acompanhar se esses personagens condizem com seus nomes ou não. Ao manter os nomes como Chivalry, Verity, Shrewd e outros, imaginei que pessoas não fluentes no idioma inglês poderiam perder certas nuances. Fiquei feliz em perceber que não, no decorrer do livro a autora dá indícios do que cada nome significa, tudo em seu tempo. E para aqueles que se esquecem facilmente de algumas palavras, como eu, no final do livro tem um glossário com os nomes e seus significados.
Por fim, O Aprendiz de Assassino é uma obra incrível, que eu gosto demais, a escrita da Robin Hobb é maravilhosa, envolvente, fascinante. Posso estar puxando sardinha pois ela é uma das minhas autoras de fantasia favoritas, mas tenho certeza que, mesmo para aqueles que amam ação, vão encontrar um livro empolgante a sua maneira.

Resenha escrita por Samuel Muca. Siga no twitter: @samuelmuca_  


Título: O Aprendiz de Assassino 
Série: A Saga do Assassino vol. 1 Autor: Robin Hobb
Editora: Suma
Ano: 2019 | Gênero: Fantasia
Compre: AMAZON