BEM-VINDO VIAJANTE! O QUE BUSCA NO MULTIVERSO?

Multiverso X.:47 - Harrychu e o Cálice de Fogo


Reproduzir Em Uma Nova Aba - Faça o Download - Arquivo Zip
 
Dando continuidade a jornada do navegador Airechu pelo universo mágico de Harry Potter, nos reunimos para mais um episódio especial. Sob comando do Capitão Ace (ou será que não), os tripulantes AirechuJulio Barcelos, Camila Loricchio e Sih, recebem a Isabela Patchova para falar sobre o quarto livro da série: Harry Potter e o Cálice de Fogo.
Ouça e descubra como foi a experiência de cada um de nós, em especial a do recém chegado Airechu. Acompanhe as descobertas e revisitas pelo mundo bruxo; Confira a maravilhosa Teoria da Saga de Torneio e as similaridades com mangás Shounen; Saiba quem tem uma queda pelo búlgaro Viktor Krum; E descubra se o nosso navegador vai continuar ou não lendo a série.
Acompanhe-nos, estimado explorador de universos! 

DURAÇÃO: 1 hora 38 Minutos 34 Segundos

ABORDADOS NO CAST:

Multiverso X.:23 - Harry Potter e a Pedra Filosofal (Airechu Finalmente Leu)
Multiverso X.:31 - Harry Potter e a Câmara Secreta #DaPáginapraTela
Multiverso X.:32 - Airechu e o Prisioneiro de Azkaban

A NOSSA CONVIDADA:
Isabella Patchova: @patchova

SITE & LIVROS DA CAMILA:
Castelo de Cartas: Site - Livros: Trilogia Castelo de Cartas

A TRIPULAÇÃO NAS REDES:
Twitter: @MultiversoX @CapAceBarros - @_Airechu - @JulioBarcellos - @sih_souz - @camiaetria
Instagram: @multiversox - @_airechu @juliobarcellos @id_diogo - @castelodecartas
Facebook: Multiverso X
Skoob: 
CapAceBarros - Airechu - JulioBarcellos - Sih - Camila Loricchio - Diogo

PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO TELEGRAM: bit.ly/MXTelegram

QUER O FEED PARA ADICIONAR NO SEU AGREGADOR FAVORITO?

Assine o nosso feed: feeds.feedburner.com/multiversox/podcast

SUGESTÕES, CRÍTICAS E DÚVIDAS:

Envie e-mails para: contato@multiversox.com.br

Ataque a Khalifor 02 - #AventurasnoMultiverso




Reproduzir Em Uma Nova Aba - Faça o Download - Arquivo Zip
 
Sem a menor sombra de dúvidas, Arton é um mundo de problemas. Felizmente, Arton também é um mundo de heróis — aventureiros dispostos a enfrentar esses problemas para defender o povo comum. Neste aventura, você será um desses heróis. Você decidirá quais caminhos seguir, quais riscos tomar e quais inimigos combater. Quer dizer.... Neste caso, não exatamente você...
O #AventurasnoMultiverso é a nova atração formato de podcast do Multiverso X, e nela vamos explorar o universo dos livros-jogos colocando um dos nossos tripulantes ou convidado ler/jogar de maneira bem especial um título selecionado por nós. Para começar, colocamos o Airechu para se enveredar nas páginas de Ataque a Khalifor, uma aventura em Tormenta escrita por Guilherme Dei Svaldi e publicada pela Jambô Editora. 
Acompanhe-nos nessa jornada, estimado explorador de universos!

ARTE DA CAPA: Estevan Silveira*
*(Ilustração interna de Ataque a Khalifor. Uso sem fins lucrativos permitido por Jambô Editora)

DURAÇÃO: 44 Minutos 04 Segundos

LINKS RELACIONADOS:

Introdução: Livros-Jogos & #AventurasnoMultiverso
Review do livro-jogo Ataque a Khalifor

Compre Ataque a Khalifor na Amazon
Compre Ataque a Khalifor na Jambô Editora: Edição Física/Edição Digital
A TRIPULAÇÃO NAS REDES:

Twitter: @MultiversoX @CapAceBarros - @_Airechu - @JulioBarcellos - @sih_souz - @camiaetria
Instagram: @multiversox - @_airechu @juliobarcellos @id_diogo - @castelodecartas
Facebook: Multiverso X
Skoob: 
CapAceBarros - Airechu - JulioBarcellos - Sih - Camila Loricchio - Diogo

PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO TELEGRAM: bit.ly/MXTelegram

QUER O FEED PARA ADICIONAR NO SEU AGREGADOR FAVORITO?

Assine o nosso feed: feeds.feedburner.com/multiversox/podcast

SUGESTÕES, CRÍTICAS E DÚVIDAS:

Envie e-mails para: contato@multiversox.com.br


Multiverso X.:46 - TAG dos 50%



Reproduzir Em Uma Nova Aba - Faça o Download - Arquivo Zip
 
Um hábito muito comum aos produtores de conteúdo ligados a literatura, seja o Youtube, Instagram ou Blogs, é responder a TAGs Literárias. Por que podcasts ficariam de fora dessa? A tripulação da Interlúdio - Ace, AirechuHall-e e Sih - recebe o Samuel Muca do Boteco dos Versados para juntos responderem as perguntas da TAG dos 50% (um pouquinho atrasados, mas tá valendo).
Ouça e saiba mais sobre as surpresas, decepções e desejos da tripulação em relação as leituras do primeiro semestre de 2019; descubra se pra você seria fácil ou difícil responder as perguntas; venha para o nosso Show do Milhão particular e responda conosco.
Acompanhe-nos, estimado explorador de universos!

DURAÇÃO: 1 hora 43 Minutos 02 Segundos

ABORDADOS NO CAST:

1. O melhor livro que você leu até agora, em 2019.
Ace & Airechu: A Flecha de Fogo, Leonel Caldela - Skoob - Compre - Resenha - Multiverso X.: 38
Muca: O Auto da Maga Josefa, Paola Siviero - Skoob - Compre
Sih: O Retrato de Dorian Grey, Oscar Wilde - Skoob - Compre
2. A melhor continuação que você leu até agora, em 2019.
Ace: As Brigadas Fantasma, John Scalzi
 - Skoob - Compre
Airechu: Harry Potter e o Cálice de Fogo, J. K. Rowling - Skoob - Compre
Muca: O Assassino do Rei, Robin Hobb - Skoob - Compre
Sih: A Luz Fantástica, Terry Prachet Skoob - Compre
3. Algum lançamento do primeiro semestre que você ainda não leu, mas quer muito. Ace: Minha Coisa Favorita É Monstro, Emil Ferris Skoob - Compre
Airechu: 
Boy Erased: Uma Verdade Anulada - Skoob - Compre
Muca: Tempo de Tempestade, Andrej Sapkowski - Skoob - Compre
Sih: Circe, Madaleine Miller Skoob - Compre
4. O livro mais aguardado do segundo semestre.
Ace: Tormenta 20 da Jambô Editora/ Noir Carnavalesco, de Ian Fraser e Pyro Editora

Airechu: A Deusa no Labirinto, Karen Soarele - Compre na Pré-Venda
Muca: Crônicas Saxônicas: A guerra do lobo, Bernard Cornwell - Skoob - Compre
Sih: O Labirinto do Fauno, Cornelia Funke e Guillermo del Toro Skoob - Compre
5. O livro que mais te decepcionou esse ano.
Ace: Simon vs a Agenda Homo Sapiens/Com amor, Simon, Becky Albertalli
 Skoob - Compre
Airechu: Beren & Luthien, J. R. R. Tolkien - Skoob - Compre
Muca: Warcraft: Livro do Filme - Skoob - Compre
Sih: Um Pressentimento Funesto, Agatha Christie Skoob Compre
6. O livro que mais te surpreendeu esse ano.
Ace: Para todos os garotos que já amei, Jenny Han
 Skoob - Compre
Airechu: O Auto da Maga Josefa, Paola Siviero
Muca:  A Imensidão Íntima dos Carneiros, Marcelo Maluf - Skoob - Compre
Sih: Drácula, Bram Stocker Skoob - Compre
7. Novo autor favorito (que lançou seu primeiro livro nesse semestre, ou que você conheceu recentemente).
Ace: Paola Siviero, autora de O Auto da Maga Josefa

Airechu: Clarice Lispector - Multiverso X.: 38
Muca: Milton Hatoum
Sih: Mia Couto Skoob Compre
8. A sua quedinha por personagem fictício mais recente.
Ace: 
Lara Jean (Para todos os garotos que já amei, Jenny Han)
Airechu: Maurice (Maurice, E. M. Forster) - Skoob - Compre
Muca: Esporana (A Fúria do Assassino, Robin Hobb) - Skoob - Compre
Sih: Mr. Tilney (A Abadia de Northanger, Jane Austen) Skoob - Compre
9. Seu personagem favorito mais recente.
Ace: Jared Dirac (As Brigadas Fantasmas, John Scalzi)
 
Airechu: Santiago (O Velho e o Mar, Ernest Hemingway) - Skoob - Compre - Resenha
Muca: Fat Charlie (Os Filhos de Anansi, Neil Gaiman) 
Sih: Jane Studdock (Uma Força Medonha, C.S.Lewis)Skoob - Compre
10. Um livro que te fez chorar nesse primeiro semestre.
Ace: Turma da Mônica Laços, Lições e Lembranças, Vitor e Lu Cafaggi
 Skoob - Compre
Airechu: Viagem ao Redor da Garrafa, Olivia Laing - Skoob - Compre - Resenha
Muca: O Navio Arcano, Robin Hobb Skoob - Compre
Sih: A Guerra Não Tem Rosto de Mulher, Svetlana Aleksiévitch Skoob - Compre
11. Um livro que te deixou feliz nesse primeiro semestre.
Ace: Tê Rex: Spoilerfobia
 Skoob - Compre - @terexhq
Airechu: Poesia Completa de Alberto Caeiro, Fernando Pessoa - Skoob - Compre
Muca: Os Filhos de Anansi, Neil Gaiman - Skoob - Compre
Sih: Coração de Tinta, Cornélia Funke Skoob - Compre
12. Melhor adaptação cinematográfica de um livro que você assistiu até agora, em 2019.
Ace:
 Turma da Mônica: Laços 
Airechu: Um Bonde Chamado Desejo - Skoob - Compre
Muca: Sem Resposta
Sih: Belas Maldições Skoob - Compre
13. O livro mais bonito que você comprou ou ganhou esse ano.
Ace: Space Dragon, Igor Moreno
 Skoob - Compre
Airechu: Poemas de T. S. Eliot 
- Skoob - Compre
Muca: Sem Resposta
Sih:- Box de obras Jane Austen
14. Quais livros você precisa ou quer muito ler até o final do ano?
Ace: A Longa Viagem a um Pequeno Planeta Hostil, de Becky Chambers
  Skoob - Compre
Airechu: Androides Sonham com Ovelhas Elétricas?, Philip K. Dick - Skoob - Compre
Muca: As Brumas de Avalon, Marion Zimmer Bradley Skoob - Compre
Sih: A Guerra Não Tem Rosto de Mulher, Svetlana Aleksiévitch

O NOSSO CONVIDADO:

Samuel Muca (Boteco dos Versados) - Boteco dos Versados - @botecoversados - @samuelmuca_ - Skoob

A TRIPULAÇÃO NAS REDES:

Twitter: @MultiversoX @CapAceBarros - @_Airechu - @JulioBarcellos - @sih_souz - @camiaetria
Instagram: @multiversox - @_airechu @juliobarcellos @id_diogo - @castelodecartas
Facebook: Multiverso X
Skoob: 
CapAceBarros - Airechu - JulioBarcellos - Sih - Camila Loricchio - Diogo

PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO TELEGRAM: bit.ly/MXTelegram

QUER O FEED PARA ADICIONAR NO SEU AGREGADOR FAVORITO?

Assine o nosso feed: feeds.feedburner.com/multiversox/podcast

SUGESTÕES, CRÍTICAS E DÚVIDAS:

Envie e-mails para: contato@multiversox.com.br


Jambô na Bienal do Rio – Lançamentos, palestras e sessões de autógrafos!




Um dos maiores eventos literários do país já está batendo a porta e, obviamente, os parceiros da Jambô não iriam ficar de fora!
A XIX Bienal Internacional do Livro Rio acontece entre 30 de agosto e 8 de setembro, e a Jambô preparou o lançamento de seis romances para o evento. Teremos novidades da linha Tormenta, na linha Dungeons & Dragons, a chegada do universo de A Todo Vapor! e também do Selo Odisseias, indo do thriller ao steampunk, sem deixar de lado os adorados romances inspirados em mundos de RPG. Todos os livros já estão em pré-venda no site da editora para quem não quiser esperar ou não puder comparecer no evento.
Agora, para quem é do Rio ou estará por lá, haverá sessões de autógrafos de vários autores da casa ao longo da Bienal — entre eles, Leonel Caldela, Karen Soarele - nossa parceira de longa data - e Enéias Tavares. Confira abaixo o cronograma, as sinopses e, em primeiríssima mão, a capa completa de todos os lançamentos!

No oeste do mundo conhecido, o Império de Tauron ergue-se supremo.
Em uma terra onde os fortes oprimem os fracos com a justificativa de protegê-los, elfas e humanas são mantidas escravas nos haréns dos minotauros. Assim determina a lei do império, concebida conforme a lei divina do Touro em Chamas.
Ninguém se opõe. Nem os senhores, satisfeitos com o poder acumulado, nem os servos, doutrinados a obedecer. Os outros reinos, temerosos das legiões táuricas, se acovardam. Os deuses, indolentes, apenas assistem à miséria dos mortais.
Todos fecham os olhos para a perversidade da escravidão.
Chegou a hora de fazer algo a respeito.
Em A Deusa no Labirinto, Karen Soarele (A Joia da Alma, Crônicas de Myríade) aborda a mais controversa das sociedades de Arton. Um farol de paz e progresso em um mundo selvagem, a civilização táurica alcançou a glória, mas a um custo terrível. Quando uma elfa decide agir contra este regime, desencadeia eventos que irão mudar para sempre o Império de Tauron, o Reinado de Arton e o próprio Panteão.

Romance do universo Tormenta
Sessão de autógrafos: 31/08, 17:00 – Estande da Jambô na Bienal do Rio
Pré-venda | Capa completa (Alta Resolução)


Crônicas de Dragonlance, Volume 1
Quando os antigos companheiros se reúnem na Hospedaria do Lar Derradeiro, encontram uma jovem portando um cajado de cristal e uma mensagem assombrosa: os deuses voltaram.
Séculos antes, revoltados com a arrogância da humanidade, os deuses lançaram um cataclisma sobre o Império de Istar e se afastaram do mundo. Agora, estão de volta. Mas, no rastro disso, o mal se espalha por Krynn. Estranhas criaturas draconianas espreitam nas sombras, enquanto cavaleiros juram aliança a Takhisis, a Deusa das Trevas, e se preparam para a guerra.
Os companheiros começam sua jornada épica pelo continente de Ansalon. Eles devem proteger Lua Dourada e seu cajado, espalhando sua mensagem de esperança. E devem encontrar a lendária arma que pode vencer a batalha contra o terror de Takhisis.
A Lança do Dragão.
Este é o início das Crônicas de Dragonlance, trilogia best-seller do New York Times — e uma das sagas de fantasia mais amadas do mundo.

Romance do universo Dungeons & Dragons
Pré-venda | Capa completa (Alta Resolução)

São Paulo dos transeuntes apressados, 1907
O desaparecimento de um importante barão do café deixa a capital em polvorosa e suas filhas, Cassandra e Cecília Gouvêa, nas mãos de ambiciosos e inescrupulosos industriais que desejam tomar seus negócios. Para garantir que o futuro delas não seja o mesmo do pai, um improvável segurança é contratado para protegê-las. O que este herói não esperava era encontrar duas mulheres mais enigmáticas do que ele supunha e uma conspiração maligna envolvendo uma antiga divindade arcana.

Romance do universo A Todo Vapor!
Sessão de autógrafos: 07/09, 17:00 – Estande da Jambô na Bienal do Rio
Pré-venda | Capa completa (Alta Resolução)


O mundo dos astros...

é mais complexo e profundo do que você pode imaginar, mas é ele que define cada traço da sua personalidade. Que explica os mistérios das suas escolhas. Que determina quem você é.
Milena acredita nisso e não deixa de conferir o mapa astral antes de saber se a pessoa merece sua curta paciência ariana. Dos seus melhores amigos ao leonino no qual ela está interessada, Milena se apoia no que os signos dizem para entender o comportamento e as motivações de cada um. Isso até o mundo astral começar a ruir e as coisas saírem completamente de controle...

Sessão de autógrafos: 07/09, 15:00 – Estande da Jambô na Bienal do Rio
Pré-venda | Capa completa (Alta Resolução)

Eles irão vencer à custa de suor e sangue, mas não o deles...
O pão era repartido ao meio, moravam de favor e pareciam ser amigos íntimos do azar. Tudo muda quando Margarida descobre que pode usar seus conhecimentos médicos para transformar seu irmão, um pintor de paredes sem pretensões, em uma das maiores promessas artísticas do país. Mentiras e assassinatos perversos envolvem a cabeça da jovem doutora, que fará de tudo para conseguir sua ascensão social.
Romance de estreia de Waldir L. Santos, Flor de Sangue é um suspense com um ponto de vista único. Abra estas páginas e descubra que mesmo as melhores intenções podem ser recheadas com o pior do ser humano.

Sessão de autógrafos: 07/09, 16:00 – Estande da Jambô na Bienal do Rio
Pré-venda | Capa completa (Alta Resolução)

Fogo e água, terra e ar, trevas e luz
Um pastor traumatizado pela guerra. Uma escrava indômita especialista em fugas. O guerreiro furioso de um clã nômade. O último herdeiro de uma dinastia massacrada. Em um mundo esquecido pelos deuses, quatro manipuladores dos elementos rumam para um local sagrado prestes a celebrar um ritual de sangue. Ao término de sua jornada, o destino do mundo será decidido.
Romance de estreia de Rafael Dias, O Tratado dos Mil Cantos apresenta um mundo fantástico, inspirado na mitologia mesopotâmica. Uma cultura antiga, mas repleta de surpresas.

Sessão de autógrafos: 31/08, 16:00 – Estande da Jambô na Bienal do Rio
Pré-venda | Capa completa (Alta Resolução)

30/08, sexta-feira
14:00 – Palestra para profissionais do livro com Karen Soarele no Auditório Lapa

31/08, sábado
15:00 – Sessão de autógrafos com Danilo Sarcinelli
16:00 – Sessão de autógrafos com Rafael Dias
17:00 – Sessão de autógrafos com Karen Soarele

01/09, domingo
15:00 – Sessão de autógrafos com Leonel Caldela
17:00 – Palestra com Leonel Caldela no Espaço Madureira

06/09, sexta-feira
15:00 – Sexta Steampunk, com Enéias Tavares

07/09, sábado
15:00 – Sessão de autógrafos com Marcela Alban
16:00 – Sessão de autógrafos com Waldir L. Santos
17:00 – Sessão de autógrafos com Enéias Tavares

08/09, domingo
15:00 – Palestra com Karen Soarele e Guilherme Dei Svaldi na Arena #SemFiltro

Além dos horários oficiais, é possível encontrar os autores circulando pelo estande da Jambô ao longo do evento. O estande fica no Pavilhão Verde, Rua O 85.

Aniversário da AVEC + Odisseia de Literatura Fantástica!


Os parceiros da AVEC Editora estão completando 5 anos e a comemoração será na VIª Odisseia de Literatura Fantástica, neste fim de semana, em Porto Alegre. Vai ter lançamento de três títulos, além da confraternização no evento oficial com algumas surpresas!
Além dos queridos Artur Vecchi, editor da AVEC, e a social medial Lígia Colares, estarão presentes os autores: Duda Falcão, Cesar Alcázar, Leando Pillegi, Enéias Tavares, Emanuele Coimbra, Nikelen Witter, Simone O Marques, Fred Rubim, Athos Beuren, A.Z. Cordenonsi e Felipe Castilho.
Como terão livros a venda essa será uma oportunidade única de pegar um monte de autógrafos. E não apenas com os autores da casa! Diversos outros profissionais do ramo, como os também parceiros da 
Jambô Editora, estarão por lá. Que tal conhecer o trabalho de diversos autores? 
Em paralelo ao evento ocorrerá a exposição Capas Fantásticas, onde serão apresentadas as ilustrações de capas de livros de literatura fantástica nacional, incluindo algumas capas nossas!
Se organize para comparecer e aproveitar tudo que o evento tem a oferecer! 

Site: http://odisseiafantastica.com.br
Página do Facebook: https://www.facebook.com/odisseialitfantastica/
Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/2395551567173377/
Confraternização oficial: https://www.facebook.com/events/397888574186749/


Se você acha que parou por aí, que tal conhecer os três lançamentos que estão em pré-venda?

O Enigma da Adormecida

Já está previsto pra esse ano sair os volumes 2 e 3 da Crônicas do Reino do Portal, que só sairam em e-book de forma independente, e o livro 4 já está sendo finalizado pela escritora! Ela estará na Odisseia todos os dias.
O que você faria se acordasse em um lugar completamente estranho, com sete pessoas estranhas e descobrisse que já não está em sua cidade, sua cama, sua realidade? E se, além disso, o local onde estivessem fosse incendiado e uma das garotas simplesmente não acordasse?
Que decisões tomar? Que caminhos seguir? Fugir ou lutar?
Atravesse o portal com os aventureiros e descubra o seu caminho...
Confira mais informações na Pré-venda: https://amzn.to/2Zb7jYg

Viajantes do Abismo

A Nikelen lançará o livro na Odisseia e estará presente todo o final de semana!
Esta é a história de desertos que avançavam cobrindo cidades. A história de um mundo à beira da destruição. Da gente desse mundo, de sua alienação e da violenta guerra em que se perdeu.
Esta é a história de uma mulher que fazia curas e de sua amiga, que dirigia um bordel. E de como elas enfrentaram tudo isso. Também é a história do tigre e da menina. Mas para conhecer todas elas, você terá de aceitar o chamado para olhar o futuro. E mergulhar no abismo.
Confira mais informações na Pré-venda: https://amzn.to/2ZgTfwj

Sherlock Holmes e a Sabedoria dos Mortos
Esse é o primeiro lançamento do Brasil do autor espanhol Rodolfo Martinez, um dos principais autores de ficção cientifica e fantasia da Espanha. Os tradutores do livro Emanuele Coimbra e Enéias Tavares estarão na Odisseia todos os dias e participarão da mesa do Orc Studio.
O maior detetive do mundo e seu narrador mais dedicado. Um manuscrito amaldiçoado composto por um árabe louco. Uma sociedade secreta que reúne eminentes figuras da sociedade inglesa. Uma mensagem cifrada encontrada em um cemitério indígena. Um príncipe que abdicou de seu reino, deixando os círculos místicos europeus em estado de alerta.
Todos esses elementos compõem o primeiro volume de Os Arquivos Perdidos de Sherlock Holmes, criado por Rodolfo Martínez, um dos mais importantes nomes da fantasia europeia.
Em uma trama de suspense investigativo e aventura sobrenatural, o autor espanhol aproxima a criação máxima de Arthur Conan Doyle do mundo horripilante de H. P. Lovecraft, envolvendo a Ordem da Aurora Dourada, Aleister Crowley e um enigmático monarca, que levarão assombro e misticismo ao universo racional e lógico de Sherlock Holmes e John Watson.
Confira mais informações na Pré-venda: https://amzn.to/2KLaO3u

Multiverso X.:45 - Ócio Criativo, Caos e Indicações da Bad



Reproduzir Em Uma Nova Aba - Faça o Download - Arquivo Zip
 
Uma pausa nem sempre significa descanso, as vezes o puro caos do ócio dá origens a  processos produtivos pra lá de interessantes. Esse pode (ou não) ter sido o nosso caso, mas a Interlúdio volta a singrar universos em busca de boas histórias. A tripulação da Interlúdio - Ace, Airechu, Camila Loricchio e Hall-e  - recebe o Samuel Muca do Boteco dos Versados para mais um episódio de indicações.
Ouça e saiba como um viajante do tempo e alienígenas se relacionam com o bombardeio verídico de uma cidade alemã durante a IIª Guerra Mundial; entenda como o Brasil se tornou referência no futebol e a pesquisa profunda feita pelo PVC; viaje no humor e nos relatos tristes das páginas de Marjane Satrapi e entenda o que são os bordados das mulheres iranianas; acompanhe um difícil relato de um judeu sobrevivente do holocausto e entenda porque Maus é um dos mais importantes quadrinhos da história.
Acompanhe-nos, estimado explorador de universos!

DURAÇÃO: 1 hora 06 Minutos 54 Segundos

ABORDADOS NO CAST:

Matadouro Cinco, de Kurt Vonnegut: Skoob - Compre na Amazon
Escola Brasileira de de Futebol, de Paulo Vinicius Coelho: Skoob - Compre na Amazon
Bordados, de Marjane Satrapi: Skoob - Compre na Amazon
Maus, de Art Spielgman: Skoob - Compre na Amazon

O NOSSO CONVIDADO:

Samuel Muca (Boteco dos Versados) - Boteco dos Versados - @botecoversados - @samuelmuca_

SITE & LIVROS DA CAMILA:
Castelo de Cartas: Site - Livros: Trilogia Castelo de Cartas

A TRIPULAÇÃO NAS REDES:

Twitter: @MultiversoX @CapAceBarros - @_Airechu - @JulioBarcellos - @sih_souz - @camiaetria
Instagram: @multiversox - @_airechu @juliobarcellos @id_diogo - @castelodecartas
Facebook: Multiverso X

PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO TELEGRAM: bit.ly/MXTelegram

QUER O FEED PARA ADICIONAR NO SEU AGREGADOR FAVORITO?

Assine o nosso feed: feeds.feedburner.com/multiversox/podcast

SUGESTÕES, CRÍTICAS E DÚVIDAS:

Envie e-mails para: contato@multiversox.com.br


Ataque a Khalifor 01 - #AventurasnoMultiverso




Reproduzir Em Uma Nova Aba - Faça o Download - Arquivo Zip
 
Sem a menor sombra de dúvidas, Arton é um mundo de problemas. Felizmente, Arton também é um mundo de heróis — aventureiros dispostos a enfrentar esses problemas para defender o povo comum. Neste aventura, você será um desses heróis. Você decidirá quais caminhos seguir, quais riscos tomar e quais inimigos combater. Quer dizer.... Neste caso, não exatamente você...
O #AventurasnoMultiverso é a nova atração formato de podcast do Multiverso X, e nela vamos explorar o universo dos livros-jogos colocando um dos nossos tripulantes ou convidado ler/jogar de maneira bem especial um título selecionado por nós. Para começar, colocamos o Airechu para se enveredar nas páginas de Ataque a Khalifor, uma aventura em Tormenta escrita por Guilherme Dei Svaldi e publicada pela Jambô Editora. 
Acompanhe-nos nessa jornada, estimado explorador de universos!

ARTE DA CAPA: Estevan Silveira*
*(Ilustração interna de Ataque a Khalifor. Uso sem fins lucrativos permitido por Jambô Editora)

DURAÇÃO: 44 Minutos 16 Segundos

LINKS RELACIONADOS:

Introdução: Livros-Jogos & #AventurasnoMultiverso
Review do livro-jogo Ataque a Khalifor

Compre Ataque a Khalifor na Amazon
Compre Ataque a Khalifor na Jambô Editora: Edição Física/Edição Digital

Introdução: Livros-Jogos & #AventurasNoMultiverso




Reproduzir Em Uma Nova Aba - Faça o Download - Arquivo Zip
 
Tem programa novo abordo! O #AventurasnoMultiverso é a nova atração em formato de podcast do Multiverso X, e nela vamos explorar o universo dos livros-jogos e toda sua diversão.
Mas o que exatamente são esse livro-jogos e o que se propõe a ser o #AventurasnoMultiverso?
Ouça e descubra o que são esses gamebooks, aventuras solo ou livros-jogos; conheça um pouco sobre a história desses livros no Brasil e no mundo; prepare-se para ouvir e viver junto conosco as mais divertas aventuras.
Acompanhe-nos, estimado explorador de universos!

DURAÇÃO: 12 Minutos 38 Segundos

ABORDADOS NO CAST:

Artigo "O Que São Livro Jogos" do blog Meeple Divino
Verbete da Wikipedia sobre Livro-Jogos

A TRIPULAÇÃO NAS REDES:

Twitter: @MultiversoX @CapAceBarros - @_Airechu - @JulioBarcellos - @sih_souz - @camiaetria
Instagram: @multiversox - @_airechu @juliobarcellos @id_diogo - @castelodecartas
Facebook: Multiverso X

PARTICIPE DO NOSSO GRUPO NO TELEGRAM: bit.ly/MXTelegram

QUER O FEED PARA ADICIONAR NO SEU AGREGADOR FAVORITO?

Assine o nosso feed: feeds.feedburner.com/multiversox/podcast

SUGESTÕES, CRÍTICAS E DÚVIDAS:

Envie e-mails para: contato@multiversox.com.br


Laranja Mecânica

Clássico eterno da ficção científica, Laranja Mecânica é um verdadeiro marco na história da cultura pop e da literatura distópica. Narrada pelo protagonista, o adolescente Alex, esta brilhante e perturbadora história cria uma sociedade futurista em que a violência atinge proporções gigantescas e provoca uma resposta igualmente agressiva de um governo totalitário.
A estranha linguagem utilizada por Alex, conhecida como Nadsat, merece destaque na obra, criada pelo próprio Burgess, fornece ao romance uma dimensão quase lírica.
A trama, que conta a história da violenta gangue de adolescentes que sai às ruas buscando divertimento de uma maneira um tanto controversa, incita profundas reflexões sobre temas atemporais, como o conceito de liberdade, a violência – seja ela social física ou psicológica – e os limites da relação entre o Estado e o Indivíduo.
Ao lado de 1984, de George Orwell, e Admirável Mundo Novo, de Aldous Huxley, Laranja Mecânica é um dos ícones literários da alienação pós-industrial que caracterizou o século 20. Adaptado com maestria para o cinema em 1972 por Stanley Kubrick é uma obra marcante: depois da sua leitura, você jamais será o mesmo.
Título: Laranja Mecânica
Título Original: A Clockwork Orange
Autor: Anthony Burgess
Tradução: Fábio Fernandes
Editora: Aleph
Ano: 2012 / Páginas: 352


Laranja Mecânica é um livro bastante influente e conhecido e costuma dispensar apresentações pela ampla influência que exerce na cultura pop como um todo. Escrito por Anthony Burgess em 1962 o livro é uma distopia e é aclamado por sua crítica social refinada e também pela atemporalidade dos temas que aborda sobretudo a violência urbana, os limites entre indivíduo e Estado, a liberdade e a juventude.
O livro conta a história de Alex, um jovem adolescente amante de música clássica e líder de uma gangue de delinquentes juntamente com quem promove atos violentos e criminosos, principalmente roubo, agressão física e estupro, tendo como único fim a diversão em madrugadas regadas a leite misturado com drogas sintéticas.
Suas vida sofre uma guinada quando numa dessas noites de violência ele é capturado pela polícia e preso por assassinato. Lá, em troca de uma redução da sua pena, ele se candidata como cobaia de uma nova técnica para a contenção da violência que está sendo desenvolvida pelo Estado, a Técnica Ludovido. O objetivo dela é sensibilizar o paciente pela violência condicionando seus instintos para que eles reajam com um extremo mal estar diante dela. O indivíduo ao fim do tratamento se tornaria totalmente dócil e incapaz de cometer qualquer ato violento, ainda que queira, se tornando assim um modelo de cidadão ideal.
O livro é dividido em três partes e possui ao todo 21 capítulos, sendo narrado na primeira pessoa pelo próprio Alex, é como ouvir um relato das memórias do personagem saindo de sua própria boca e portanto nem tudo que é dito pode ser considerado confiável.
Alex é vil e mau e se orgulha disso e desde o início da sua narrativa somos impelidos a pensar que ele merece pagar por todos os seus atos violentos e crimes, mas quando a medida punitiva adotada ultrapassa todos os limites da liberdade individual em nome de um suposto bem maior para todos percebemos que o Estado foi tão violento quanto o jovem em sua tentativa de conter a criminalidade e passamos a rever essa nossa sede de justiça. É perturbador nos darmos conta de que quando deixamos ou apoiamos que o Estado prive um único indivíduo de um dos seus direitos mais básicos, ainda que pelo bem de todos, todos nós saímos perdendo enquanto sociedade e não há uma garantia sequer de que os próximos a sofrer as consequências disto sejamos nós mesmos. É melhor ter a possibilidade de escolher entre o bem e o mal correndo o risco de optar pelo mal como Alex, do que sequer ter outra opção que não seja o bem e um bem que praticamente nos inviabiliza de sermos nós mesmos dado os efeitos colaterais da técnica empregada. É curioso notar que a única voz dissonante quanto a isto no romance seja a do religioso, o cardeal da prisão é o único a contestar pública e veementemente o uso da Técnica Ludovico e as suas implicações morais e éticas e tendo a concordar com a sua visão sobre o assunto. Os movimentos políticos de oposição ao governo totalitário no livro estavam mais preocupados em se aproveitar do caso de Alex para se autopromover e não tanto com a ética da questão e a preservação do pensamento livre e tampouco com o bem estar social e do indivíduo.
Além da violência exacerbada e do conflito entre indivíduo e estado, outra discussão que se sobressai é a do próprio crescimento e do conflito de gerações, sobretudo quando lemos o capítulo extra excluído da primeira edição norte-americana, mas presente na íntegra aqui. A juventude, em qualquer época que seja, sempre despertou uma certa incompreensão e incômodo por parte das gerações mais velhas. É característica do jovem, seja pelos hormônios em explosão ou pela inexperiência com o horizonte adulto que se desenha a frente, o confrontamento, a rebeldia e o inconformismo. Alex é em essência um retrato dessa fase da vida, é alguém testando os próprios limites, gozando ao máximo da liberdade e da própria inconsequência. Ao final, sem que ninguém o diga ou o force, ele percebe que simplesmente cresceu e que o que fazia já não lhe cabe mais, que já não faz mais sentido se comportar daquela forma, ele está velho. Em seu âmago a maturidade despertou e sepultou aquilo que a juventude representava para ele. Não há como não sentir uma certa empatia por ele neste ponto e ao mesmo tempo recordar que até bem pouco tempo eu também era cheio de certezas, daquelas que apenas a juventude é capaz de nos fazer ter. Ler Laranja Mecânica, de certa forma, é também penetrar o drama incerto e quase cruel da adolescência e a sua transição para a vida adulta e talvez seja isso o que torne Alex um personagem adorável, ainda que detestável.
Pelas inúmeras referências na cultura pop, sobretudo na música e por saber da existência da adaptação para o cinema de Stanley Kubrick, diretor que admiro sobretudo pela adaptação de 2001: Uma Odisséia no Espaço, um outro clássico moderno, sempre nutri uma curiosidade por Laranja Mecânica. Mas esta era uma obra que me deixava sempre com o pé atrás pela presença duma característica: o nadsat, um dialeto composto de palavras inteiramente criadas ou adaptadas pelo autor para emular um conjunto de gírias usados pelos adolescentes do seu universo ficcional e inclusive por Alex enquanto narrador o que confere ao livro e ao personagem uma voz própria e bem característica. Achei que encontraria um texto truncado e hermético cuja compreensão plena fosse reservada apenas aos leitores mais dispostos a fazer pausas constantes para consultar o glossário, mas devo confessar minha surpresa pois não encontrei nada disto e me surpreendi com a cadência e fluidez do texto!
As palavras do nadsat inicialmente causam sim um estranhamento, mas é possível entender todo o contexto de boa parte delas pela narrativa de Alex de modo que consultei o glossário pouquíssimas vezes. Certamente isso também se deve ao cuidado despendido com a tradução para o português, destacado num dos textos extras no qual o tradutor Fábio Fernandes comenta justamente algumas de suas escolhas de tradução.
Vale mencionar que a edição especial comemorativa dos 50 anos da publicação original da editora Aleph vem repleta de textos, artigos e entrevistas que ressaltam a relevância e a influência deste romance ao longo deste período, além de contar com um projeto e acabamento gráficos que fazem jus ao termo “de colecionador” e trazer também ilustrações inéditas de Angeli, Dave McKean e Oscar Grillo, exclusivas da edição brasileira. Destaca-se a presença marcante da cor laranja, a única, além do preto e do branco na obra, bem como a jacket, a capa dura e as páginas do miolo em couche. Sem dúvidas a melhor e mais completa edição deste romance e um item indispensável e de muito bom gosto para a estante de qualquer fã de distopias, de ficção científica e de boas histórias.
Uma simples resenha sequer daria conta de discutir alguns dos muitos aspectos levantados durante a leitura do livro e certamente ele é ainda melhor por não oferecer uma resposta definitiva sobre todos estes temas. Sua relevância se encontra mais na discussão e nas dúvidas que nos desperta e que nos acompanharão por um longo tempo dada a sua atemporalidade do que no drama pessoal de Alex. É uma leitura incômoda e necessária, que como todas as boas distopias, testa nossos limites morais e éticos a todo instante, e da qual é impossível se sentir isento seja de ódio, culpa ou compaixão. E então, o que é que vai ser, hein? Leiam!

Mudanças na Redbox Editora


O ano começou com diversos anúncios e publicações, mas Redbox Editora sofreu com contratempos dos mais variados, ocasionando alguns atrasos e reclamações por parte do público que pedia por respostas. Mas esses tempos estão para ficar no passado, na última semana o sócio-fundador da editora, Antônio Pop, veio a público prestar esclarecimentos sobre os jogos em andamento e também sobre mudanças importantíssimas para os rumos da editora e sus publicações.
Confira abaixo o texto na integra:
Olá a todos,

Como todos devem saber, os últimos meses foram de imenso desafio para todos na Redbox. Mudanças profundas no mercado brasileiro, na economia do nosso país e dificuldades em âmbito pessoal afetaram como nunca a Redbox, e de uma forma mais intensa do que pensamos.
Estas dificuldades enfrentadas fizeram com que tivéssemos de dedicar boa parte de nosso tempo a solucionar todo o tipo de problemas, saltando de urgência ante urgência, limando de todos nós o que mais gostamos de fazer: criar jogos.
Entretanto, como o dito popular “o que não mata te faz mais forte” bem precogniza, aproveitamos este tempo para pensar. Pensar não só em como resolver nossos problemas, mas também como usar esta oportunidade para crescer e se fazer mais forte.
Nos alegra muito poder contar que hoje, a Redbox Editora, está se fundindo com a Bureau de Juegos, criando uma nova empresa. Uma empresa que mantenha o espírito das duas empresas originais, mas com os olhos voltados também para o mundo.
A partir de hoje, a Redbox passa também a responder como Bureau de Jogos Brasil, parte do grupo Bureau de Juegos em todo o mundo.
Para os que não a conhecem, trago algumas informações da empresa:
- Bureau de Juegos é uma empresa argentina especializada em RPG e Boardgames.
- Trabalham em conjunto com grandes empresas como Iello, Matagot, Amigo, Steve Jackson dentre outras.
- Publicaram (ou estão a caminho de publicar) jogos como King of Tokio, Munchkin, Bunny Kingdom, Takenoko, Captain SONAR dentre tantos outros Board Games Clássicos.
- No que se refere ao RPG, são os representantes na Argentina da NoSoloRol, a editora número 1 de RPG em espanhol em todo o mundo, além de serem distribuidores e oficiais da Chessex e Q-workshop.
Como se estas credenciais já não fossem suficientes, temos uma relação de amizade já de alguns anos. A Bureau dos Juegos foi a primeira empresa a licenciar o Tsukiji para lançamento fora do Brasil, antes mesmo do resto do mundo, e atuamos em constante sinergia buscando licenças de forma conjunta, viajando juntos para eventos e feiras de negócios, e nos ajudando sempre que um ou outro precise de ajuda.
Com isso chegamos ao mais importante: e agora?
Nossa primeira ação, que já se encontra em andamento, é solucionar e entrega de absolutamente TODAS as pendências que temos: Ancient Terrible Things, Space Dragon, Shotgun Diaries, Legião e Senhores da Guerra Vikings.
Nos alegra dizer que, neste contexto, nas últimas semanas já conseguimos avançar com todas as pendências. Assim, afirmamos que todos os Financiamentos Coletivos e Pré-vendas serão resolvidos nos próximos 30 a 60 dias.
Na próxima semana, com todos os cronogramas finais de produção/importação em mãos, comunicaremos as datas estimadas de todos os produtos pendentes, explicando caso a caso cada um dos prazos, situações e posições, inaugurando uma nova forma de comunicar as nossas pendências.
Assim que todos os projetos pendentes estejam devidamente concluídos (visto que nosso foco TOTAL nesse momento é resolver estes projetos atrasados), anunciaremos nossos planos para o restante de 2019, incluindo os novos lançamentos.
Para encerrar, gostaria de agradecer pessoalmente a todos pela paciência e pela compreensão. Para nós, foi sempre muito difícil guardar todas estas notícias nos últimos meses, mas foi de extrema importância para que isso se convertesse em realidade.
Nosso objetivo principal é poder voltar a dedicar nossos esforços totais na criação de jogos e RPGS, e isso não seria o mesmo sem poder compartilhar com a nossa comunidade.
Deixo um abraço grande e deixo todos os canais abertos para responder a qualquer comentário.

Abraços a todos,
Antonio Pop.

São notícias muito positivas para o consumidor e para aqueles que acompanham de perto o trabalho da Redbox. Esperamos que as coisas se acertem para os nossos queridos parceiros, que todos os problemas sejam logo sanados de maneira satisfatória, e que a Bureau de Jogos Brasil seja apenas o primeiro passo dessa nova jornada de crescimento.