BEM-VINDO VIAJANTE! O QUE BUSCA NO MULTIVERSO?

Bloodshot: O Filme

Adaptações de quadrinhos estão cada vez mais populares, e a cada dia novas produções chegam aos serviços de streaming, redes de TV e cinemas. Com o sucesso das produções da Marvel e da DC,apesar das derrapadas, outras editoras também estão apostando em levar seu material além.
Trazendo um personagem não muito conhecido do grande público, a Sony Pictures confia em Vin Diesel para dar cara ao anti-herói Bloodshot e ensaiar os primeiros passos da Valiant Entertainment nas telonas. Receita de sucesso ou mais do mesmo?


O Prêmio de Careca Bombado da Semana vai para: Vin Diesel

Bloodshot foi criado em 1992 por Kevin VanHook e Yvel Guichet, e após sua primeira aparição cerca de um ano depois, tornou-se um dos grandes sucessos da Valiant, ganhando sua própria publicação. Originalmente tinha outra origem, mas em 2012, a editora promoveu um reboot de todas as suas histórias, criando a origem atual de Bloodshot e dando a ele uma nova identidade: Ray Garrison. Essa é versão trazida aos cinemas através de um roteiro que aproveita muito do arco inicial do personagem.
Garrison é um soldado que é trazido de volta à vida por uma corporação para se tornar a arma perfeita, o super-humano Bloodshot. Com um exército nano-tecnológico correndo em suas veias, ele possui força incomparável e poder de regeneração instantânea. Mas há algo que incomoda Ray e o persegue: suas lembranças do passado. Pronto para vingar a morte da sua esposa, ele usará seus poderes para passar por cima de exércitos particulares e o que mais tiver pela frente. Contudo, até onde é possível confiar nas boas intenções dessa corporação?
Com uma trama simples e sem muitas surpresas, baseada no velho plot do soldado reconstruído com tecnologia avançada para servir a uma grande corporação dúbia, Bloodshot se esforça para entregar um resultado satisfatório enquanto drama de ação, abraçando os principais clichês do gênero - e como tem clichês nesse filme - e executando de maneira empolgante a ação.
Vin Diesel não é conhecido por suas habilidades de atuação, mas ninguém tem duvidas de que ele é um dos maiores nomes dos filmes de ação de atualidade. O restante do elenco - incluindo o Guy Pearce - parece seguir exatamente a mesma linha guia, um tanto canastrona e caricata. Em outro contexto poderiam ser motivo de críticas mais duras, mas que de maneira geral combinam com o clima proposto pelo roteiro e acabam convencendo. 
Pela proposta, é muito fácil recordar de títulos como Robocop ou Soldado Universal enquanto assistimos, mas ainda assim o longa mostra personalidade e inventividade ao lidar com um padrão que já está solidificado na mente de grande parte do público. Contudo, embora seja uma adaptação que mantém certa fidelidade a obra original, é difícil ao público geral enxergar muito além do "Novo Filme do Vin Diesel".
Para comemorar a estreia nos cinemas e ajudar o público a conhecer melhor o personagem, a Sony Pictures e a Social Comics, plataforma digital que publica as HQs do personagem no Brasil, fizeram uma parceria para liberar de forma gratuita as edições 0 e 1 da HQ junto com um dossiê completo de informações sobre o personagem. As publicações estarão disponíveis por um mês, sem a necessidade de inscrição. Além disso, a plataforma também iniciou uma parceria com a rede Cinemark para clientes dos programas de fidelidade Cinemark Mania e Meu Cinemark terem acesso aos quadrinhos.
Entre erros e acertos, Bloodshot ainda é um filme com um saldo positivo, que vai garantir uma boa sessão de entretenimento descompromissado, com doses de ação na medida para garantir a satisfação do expectador. No entanto, por seu lado um tanto genérico, o longa pode ainda não ser o sucesso que vai arrastar o universo Valiant de vez para as telonas.
Mas se tratando do carisma do Vin Diesel, não tem como saber...

Título: Dois Irmãos - Uma Jornada Fantástica
Título Original: Bloodshot
Lançamento/Duração: 2020 - 1h 49min
Gênero: Ação/Drama/Sci-Fi
Direção: Dave Wilson
Roteiro: Jeff Wadlow, Eric Heisserer