BEM-VINDO VIAJANTE! O QUE BUSCA NO MULTIVERSO?

Pétalas







Pétalas conta a história de uma família de raposas cuja vida é transformada pela chegada de um estranho visitante durante um rigoroso inverno. Coedição entre Jupati Books (Marsupial Editora) e Tambor Quadrinhos.





Título: Pétalas
Autor: Gustavo Borges (roteiro e arte) e Cris Peter (cores)
Editora: Jupati Books e Tambor Quadrinhos
Número de Páginas: 56



As vezes palavras não são necessárias para contar uma narrativa e nos emocionar. Gustavo Borges sabe bem disso. Contudo não posso fazer o mesmo e poupar palavras nesse momento: por mais curioso que possa parecer, preciso contar a vocês a história de como uma HQ "muda" me deixou sem palavras...
Apesar da pouca idade, o quadrinista gaúcho Gustavo Borges sempre demonstrou em seus trabalhos a maturidade e sensibilidade que fazem dele uma das promessas do quadrinho nacional. Com a experiência acumulada após criar duas séries de quadrinhos para web em formato de tirinhas - Edgar - Em Busca da Energia dos Ventos e A Entediante Vida de Morte Crens - resolveu em 2015 que era hora de tentar algo novo: uma narrativa sequencial em formato vertical que contasse uma única história. Assim nasceu Pétalas, e seu intuito era um só: ser uma história sobre Generosidade.
Em triste, longo e rigoroso inverno, uma família de raposas composta por Pai e Filho tenta sobreviver ao frio e percalços da estação. Certo dia no entanto, enquanto a pequena raposa buscava lenha em meio a floresta nevada, surge um carismático e misterioso pássaro. A ave com ares ora de médico, ora de mágico, se mostra solicita e ajuda o rapazinho com sua tarefa, retirando de sua cartola gravetos suficientes para que possa retornar para casa. Desse encontro, nasce uma relação bela e sincera, que irá marcar a vida dos personagens da história e também dos leitores.
Mesmo sem se utilizar de uma palavra sequer durante toda a narrativa, Gustavo consegue estabelecer não apenas as relações entre aqueles personagens - a pequena raposa, seu pai adoentado e o pássaro gentil - mas constrói toda uma história onde as palavras não fazem a menor falta. Tudo isso deve-se ao belo trabalho de roteiro e expressividade de seu traço.
É quase impossível resistir a doçura da trama e aos carisma do simpático e sua incrível e contagiante capacidade de ajudar aos próximo. O estilo da arte de Gustavo, que em muitos momentos remetem a uma obra Disney, encontra o equilíbrio perfeito entre o divertir e emocionar o leitor, sem nunca fugir do objetivo do subtexto que permeia a trama. O trabalho de cores de Cris Peter complementa e engrandece a obra, não dando mais graça aos desenhos, como também contribuindo para tornar o tom da obra e o frio do inverno mais palpável.

Pétalas, publicada pelo selo Jupati Books e Tambor Quadrinhos, surgiu originalmente como um projeto de Financiamento Coletivo que tinha como meta R$ 5 mil para conseguir sua públicação, número que alcançou em apenas 24 horas. O feito impressiona pelos números: um total de 1.433 apoiadores, e uma soma que passa dos R$ 50 mil. Isso significa mais de 1068% acima do esperado. Reconhecimento e apoios mais do que merecidos!
Além da história, o encadernado traz artes feitas por outros artistas, como Vitor e Lu Cafaggi e Eduardo Damasceno, revisitando os personagens da HQ. As últimas páginas são destinadas por um Making Of bilíngue mostrando o processo criativo e de produção do livro: algo que permitiu, junto com o fato da história não ter textos, que Pétalas fosse mais facilmente publicada também no exterior.
Pétalas é com toda certeza é uma obra que merece todos os méritos, elogios e conquistas que tem alcançado. O trabalho de Borges e Peter é simplesmente encantador, e gostaria muito de em breve vê-los novamente em um novo trabalho. Seria demais sonhar em ter Gustavo e Cris juntos a frente de uma Graphic MSP?